Um tempo para dança - Aluno A Arte da Dança JF

Hoje parei para refletir sobre o significado de algumas coisas em minha vida. Quantas vezes realizamos coisas de modo rotineiro, sem de fato pensarmos sobre a relevância dessas atividades para nos  mesmos. Foi então que me deparei com um enorme tempo dedicado a dança de salão. São horas e horas por semana separadas à essa prática.

Dispensável  comentar os benefícios que a dança de salão traz para a saúde. Ela me ajuda a cuidar do meu corpo e da minha mente. Porém, outras atividades físicas poderiam desempenhar o mesmo papel cabendo a cada um descobrir o que mais lhe proporciona prazer.  Acredito que a dança seja muito mais do que um cuidado com o corpo, ela é na verdade algo mágico.

Como explicar racionalmente a inebriante sensação de mover o corpo ao som de uma música e junto com a batida dos instrumentos desenhar formas pelo salão? É de fato mágico observar o quanto é belo o movimento dos corpos e a comunicação muda existente entre eles.

Dançando um mundo que é cada vez mais solitário e individual torna-se mais humano. Através da dança consigo conhecer meu corpo, meus limites, meus medos, mas posso também experimentar o novo, me permitir, arriscar, me superar. Dançando redescubro o outro, a importância de um sorriso amigo, da paciência, da compreensão, do toque. Surgem laços de amizade, de confiança, de afinidade e de respeito. 

Por que dançar? Porque é na dança onde me sinto um ser humano completo dotado de qualidades e defeitos.           

Porque reaprendo que não estou só, que não apenas posso, mas as vezes preciso, contar com um outro. Porque a minha vida vira um pouco de magia em todo o minuto que me permito flutuar por um salão.